O Pe. Antonio Rodríguez, pároco de 83 anos de Santa Rita em Vigo, Galícia (Espanha), foi hospitalizado e está nos cuidados intensivos e entrou em coma induzido, após ser agredido por ladrões na igreja, no sábado, 8 de outubro.

Segundo informa o jornal ‘La Voz’ de Galícia, o sacerdote foi operado em urgência na tarde de domingo, 9 de outubro, para tirar um coágulo de sangue da cabeça.

Os familiares informaram que o sacerdote espanhol sofreu um derrame cerebral depois da agressão dos ladrões que ingressaram na igreja.

Segundo testemunhos dos fiéis da paróquia, um dos delinquentes fingiu que queria receber o sacramento da confissão, em seguida pediu o relógio do sacerdote. Outro ladrão o surpreendeu por trás e começaram a bater na sua boca e na sua cabeça.

Entre os objetos roubados estão os óculos, o relógio, a carteira do sacerdote e objetos de valor da igreja. Também levaram o dinheiro que o pároco havia separado para comprar alimento para os pobres.

As autoridades já estão investigando o caso e esperam encontrar os delinquentes.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA