“Quero chamar todos os homens e mulheres de boa vontade de todo o mundo para que em cada cidade, em cada diocese, em cada associação, se faça uma obra de misericórdia”, assim pediu o Santo Padre em uma videomensagem realizada para a campanha “Seja a misericórdia de Deus” organizada pela fundação pontifícia Ajuda à Igreja que Sofre. A iniciativa para captar fundos e que durará do 17 de junho ao 4 de outubro, será para a realização de várias obras de misericórdia em todo o mundo.

Dessa forma, no vídeo o Santo Padre recorda que “os homens e as mulheres necessitamos da misericórdia de Deus, mas também necessitamos de nossa misericórdia; necessitamos dar-nos a mão, acariciar-nos, cuidar-nos, e não fazer tantas guerras”.

Por outro lado convida os promotores da campanha a seguir adiante com “o espírito que herdaram do pe. Werenfried van Straaten, que, no seu momento, teve a missão de fazer no mundo estes gestos de proximidade, de aproximação, de bondade, de amor e de misericórdia”.

Portanto, o Pontífice convidou todos a “fazer em cada lugar do mundo uma obra, mas que fique, uma obra fixa de misericórdia; uma estrutura para as tantas necessidades que existem no mundo hoje”.

Por Zenit

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA