O Facebook, a maior rede social do mundo, entrou em contato com a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) para expressar suas desculpas por ter bloqueado durante cerca de 24 horas aproximadamente vinte páginas católicas.

O site oficial da CNBB assinalou que “o responsável pela comunicação do Facebook no Brasil, Cesar Bianconi, entrou em contato com a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) explicando o incidente e se desculpando pelo ocorrido”.

De acordo com a CNBB, Bianconi expressou “nossas sinceras desculpas por qualquer inconveniente”.

Entre a noite de 17 e a madrugada de 18 de julho, o Facebook bloqueou ao menos 21 páginas em português, 4 em inglês e outras várias em espanhol. Os administradores dessas fanpages assinalaram que não receberam nenhuma explicação sobre o caso.

Na noite de 18 de julho, as páginas já estavam funcionando normalmente.

Em declaração , um porta-voz do Facebook assinalou que “o incidente foi ocasionado acidentalmente por um mecanismo de detecção de spam na plataforma”.

“Pedimos sinceras desculpas pelos inconvenientes que isso possa ter gerado”, expressou.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA