O Arcebispo de Córdoba, Dom Carlos José Ñáñez, afirmou recentemente que a pobreza é “um escândalo” em um país como a Argentina, onde há tantas potencialidades.

Assim o indicou o Prelado em sua mensagem final dirigida à reunião da Associação Cristã de Dirigentes de Empresa (ACDE), realizada no último dia 20 de abril no auditório de OSDE, na Cidade de Córdoba.

O Arcebispo ressaltou a necessidade de trabalhar em um projeto comum para confrontar o drama da pobreza, advertindo que “a pobreza é um escândalo em um país que tem um potencial como o nosso”.

Dom Ñáñez mencionou os aumentos de preços que causaram impacto nas pessoas mais pobres e assegurou que essa realidade pode ser vista no dia a dia, no contato pastoral com as pessoas.

Além disso, pediu para não permanecer em silencio ante tantas desigualdades e pediu “responsabilidade” às autoridades. Também pediu aos empresários “prudência” e “autorregular-se” ante o aumento de preços.

Em seguida, o Prelado assinalou a importância de trabalhar sem temer a luz, ou seja, atuar sempre “com transparência”.

Dom Ñáñez disse também que a Argentina “tem que ser uma casa de família, uma casa de todos e para todos”.

Também participaram do evento o ministro da Indústria, Comércio e Mineração da Província de Córdoba, Roberto Avalle; o reitor da Universidade Nacional de Córdoba (UNC), doutor Hugo Juri, e o Arcebispo Emérito de Mendoza, Dom José Maria Arancibia, entre outros.

A ACDE, assinala a instituição em sua página, “é uma associação de dirigentes de empresa, cujo objetivo é constituir-se em um âmbito de análise e reflexão da temática empresarial à luz dos valores cristãos; e de ação, através do seu compromisso social em um trabalho empresarial regido por princípios éticos e ao serviço do bem comum”.

ACDE, indicam, “é uma associação de pessoas e não de empresas, sendo este um elemento distintivo com relação a outras organizações”.

A missão desta instituição é “ajudar os dirigentes de empresas a viver de maneira coerente sua vocação empreendedora e sua fé cristã”, difundindo e aplicando a Doutrina Social da Igreja na sociedade.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA