Um desconhecido atropelou nesta quinta-feira com uma van dezenas de pessoas na movimentada área de Las Ramblas, em Barcelona (Espanha), deixando um morto e 32 feridos; um ato classificado de atentado terrorista pela da polícia da Generalitat da Catalunha.

A polícia local isolou a área. Segundo a imprensa local, o motorista fugiu. Entretanto, a situação se agravou ao informar-se que dois homens armados – um dos quais seria o motorista – entraram em um restaurante depois do atropelamento.

Através de sua conta de Twitter, os Mossos d’Esquadra – nome oficial da polícia da Generalitat da Catalunha –, indicou que foi confirmado que se trata de um atentado terrorista e “foi ativado o protocolo para esses casos”.

Por sua parte, o Secretário Geralda Conferência Episcopal Espanhola, Dom José Gil Tamayo, expressou a solidariedade dos bispos.

“Seguimos com preocupação e orações a situação das vítimas do atropelamento em massa em Las Ramblas. Nossa solidariedade às vítimas e Barcelona”, expressou.

O Arcebispo de Madri, Cardeal Carlos Osoro, expressou: “Consternado pelo atentado de Barcelona, rezo pelas vítimas e suas famílias”.

A essas demonstrações de solidariedade se somaram as Missões Salesianas, o Semanário Católico Alfa y Omega, a Irmandade da Paixão, entre outros.

Fonte: Acidigital

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA