(verde – 2ª semana do saltério)

A exemplo de João Batista, proclamamos Jesus o Filho amado de Deus, a luz que conduz os passos da humanidade. Chamados a ser discípulos missionários, busquemos celebrar, neste início do tempo comum, em sintonia com o Espírito que nos leva a testemunhar e cumprir a vontade do Pai.

Primeira Leitura: Isaías 49,3.5-6

Leitura do livro do profeta Isaías – 3O Senhor me disse: “Tu és o meu servo, Israel, em quem serei glorificado”. 5E, agora, diz-me o Senhor – ele que me preparou desde o nascimento para ser seu servo – que eu recupere Jacó para ele e faça Israel unir-se a ele; aos olhos do Senhor, essa é a minha glória. 6Disse ele: “Não basta seres meu servo para restaurar as tribos de Jacó e reconduzir os remanescentes de Israel: eu te farei luz das nações, para que minha salvação chegue até os confins da terra”. – Palavra do Senhor.

Salmo Responsorial: 39(40)

Eu disse: Eis que venho, Senhor, / com prazer faço a vossa vontade!

  1. Esperando, esperei no Senhor, / e, inclinando-se, ouviu meu clamor. / Canto novo ele pôs em meus lábios, / um poema em louvor ao Senhor. – R.
  2. Sacrifício e oblação não quisestes, / mas abristes, Senhor, meus ouvidos. / Não pedistes ofertas nem vítimas, / holocaustos por nossos pecados. – R.
  3. E então eu vos disse: “Eis que venho!” / Sobre mim está escrito no livro: / “Com prazer faço a vossa vontade, / guardo em meu coração vossa lei!” – R.
  4. Boas-novas de vossa justiça † anunciei numa grande assembleia; / vós sabeis: não fechei os meus lábios! – R.
Segunda Leitura: 1 Coríntios 1,1-3

Início da primeira carta de são Paulo aos Coríntios – 1Paulo, chamado a ser apóstolo de Jesus Cristo por vontade de Deus, e o irmão Sóstenes 2à Igreja de Deus que está em Corinto: aos que foram santificados em Cristo Jesus, chamados a ser santos junto com todos os que, em qualquer lugar, invocam o nome de nosso Senhor Jesus Cristo, Senhor deles e nosso. 3Para vós, graça e paz da parte de Deus, nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo. – Palavra do Senhor.

Evangelho: João 1,29-34

Proclamação do evangelho de Jesus Cristo segundo João – Naquele tempo, 29João viu Jesus aproximar-se dele e disse: “Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo. 30Dele é que eu disse: ‘Depois de mim vem um homem que passou à minha frente, porque existia antes de mim’. 31Também eu não o conhecia, mas, se eu vim batizar com água, foi para que ele fosse manifestado a Israel”. 32E João deu testemunho, dizendo: “Eu vi o Espírito descer, como uma pomba, do céu e permanecer sobre ele. 33Também eu não o conhecia, mas aquele que me enviou a batizar com água me disse: ‘Aquele sobre quem vires o Espírito descer e permanecer, este é quem batiza com o Espírito Santo’. 34Eu vi e dou testemunho: este é o Filho de Deus!” – Palavra da salvação.

Reflexão:

João Batista dá testemunho de Jesus, aplicando-lhe três títulos: “Cordeiro de Deus”, “aquele que batiza com o Espírito Santo” e “Filho de Deus”. A expressão “Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo” nos faz recordar o cordeiro pascal da libertação do Egito (cf. Ex 12,1-14) e faz referência também aos cordeiros sacrificados no Templo para expiação dos pecados do povo. Jesus vai exercer uma prática libertadora, tirando as pessoas da opressão do sistema injusto. Mas o sistema injusto o mandará para a cruz. Ele batizará com o Espírito Santo, não com água somente. Em tudo, Jesus age sob o impulso do Espírito Santo e, após a ressurreição, o infundirá nos apóstolos, para que continuem sua obra no mundo. Sendo Filho de Deus, Jesus nos revela o Pai e seu projeto de vida e liberdade para todos.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA