Primeira Igreja e a do lado a construção da Segunda Igreja
Primeira Igreja e a do lado a construção da Segunda Igreja

 

Lunardelli, cidade abençoada por Deus, e protegida pela sua filha Santa Rita. Cidade que passou por uma verdadeira transformação para acolher milhares de peregrinos que vêm até o Santuário para manifestar a sua fé a Santa das “causas urgentes”. Assim, vamos abordar neste artigo tal transformação que transformou esta pequena mais abençoada cidade.

Primeiramente vamos perceber que estas peregrinações a lugares santos, a santuários, a mosteiros etc., originou-se desde os primeiros séculos da era cristã.  Pois, percebemos que o ser humano é por natureza peregrino. Desde a nossa concepção iniciamos uma eterna caminhada, que vai desde a nossa gestação, crescimento, amadurecimento até a final viagem, a eternidade. É esse o sentimento que motiva e impulsiona a todos aqueles que têm fé, que crêem na transcendência da vida e na provisoriedade do estado atual.

Desinstalar-se, peregrinar, deslocar-se, sair de uma condição de comodidade ou de necessidade em busca de uma nova luz; um novo sentido para a vida. Essa aspiração, que brota da intimidade da alma humana, incentiva milhões de pessoas no mundo inteiro a buscar o sagrado em locais de manifestações religiosas. Assim, “estes lugares de peregrinação são tradicionalmente lugares forte de oração. Os santuários são para os peregrinos, lugares excepcionais de manifestações religiosas”  .

Assim, a palavra turismo provém do latim e significa giro, volta, viagem ou movimento de sair e retornar ao local de partida. Trata-se do deslocar-se, sair de sua residência, chegar a um determinado ponto, permanecer no local, conhecer, usufruir dos atrativos e regressar. Portanto, turismo significa o deslocamento temporário com retorno ao local de partida.

Portanto, turismo religioso é a atividade desenvolvida por pessoas que se deslocam por motivos religiosos ou para participar de eventos de significado religiosos. O adjetivo “religioso” aplicado ao “turismo” deve ser reconhecido em sua amplitude espiritual e metafísica. Trata-se de um fazer turístico capaz de manifestar algum dado de religiosidade. Convém lembrar que essa aspiração está presente em praticamente todas as religiões.

Assim, Lunardelli é uma pequena cidade que está localizada na região central do Paraná e é o destino de milhares de peregrinos que vêem até o Santuário de Santa Rita de Cássia, para manifestar a sua devoção.

Para podermos compreender melhor o histórico de devoção na Paróquia Santa Rita de Cássia é interessante fazermos uma viagem ao passado e percebemos os sinais de Deus, nesta bela história de nossa Paróquia.

No ano de 1963, a senhora Maria Pinto Momente dou a Igreja local (que anos mais tarde vai se tornar a Paróquia Santa Rita de Cássia) uma imagem de Santa Rita. Assim, em um dia muito festivo, no dia 1 de julho de 1963 o Pe. Emilio Collec, que é pároco da Paróquia São João Batista de São João do Ivaí celebra a primeira Santa Missa e promove o levantamento do cruzeiro na Praça.

Portanto, no dia 22 de maio de 1969 o bispo diocesano Dom Romeu Alberti, preside a Eucaristia e assim, é criada a Paróquia Santa Rita de Cássia. E no dia 31 de maio o Pe. Pedro Beltrami toma posse e se torna o primeiro Pároco da paróquia Santa Rita de Cássia. Assim, com muito amor por seus fiéis o Pe. Pedro permanece, dois anos a frente da Paróquia Santa Rita de Cássia e por motivos de saúde acaba deixando a paróquia no ano de 1971.

No dia 29 de maio de 1971, toma posse como Pároco o Pe. Manoel Leandro Pereira. O Pe. Manoel deixa a paróquia no ano seguinte para assumir outra paróquia.

Assim, no dia 23 de dezembro de 1972 toma posse o Pe. Raimundo B. de Lima assume como pároco. Em maio de 1973, o Pe. Raimundo juntamente com a comunidade realiza uma Festa religiosa em honra a Nossa Senhora e a Santa Rita de Cássia. Está festa contou com a presença de todas as comunidades da paróquia. No dia 05 de novembro de 1977 o Pe. Raimundo deixa a paróquia. Por algum tempo a Paróquia teve como responsáveis o Seminarista Sergio Tiski o Diácono permanente Manoel Guerra e o Diácono Pedro Barbosa.

No ano de 1980 é apresentado para a comunidade o projeto de construir uma nova Igreja Matriz. Depois de várias reuniões no dia 30 de junho de 1981 é contratada uma construtora da cidade de Ivaiporã para realizar a obra.

 

Construcao-da-atual-Igreja-Matriz
Construção da Igreja Matriz

Já no ano de 1983 devido a saída de Dom Romeu Alberti, assume a Diocese de Apucarana o Bispo Dom Domingos Gabriel Wisniewski.  Depois de um longo período, no dia 04 de outubro de 1987 o Pe. Tarcísio Chicco é nomeado como o novo Pároco. O Pe. Tarcísio realiza um excelente trabalho de evangelização frete a Paróquia deixando muitos amigos e momentos inesquecíveis na vida dos fiéis. E no dia 04 de julho de 1993 o Pe. Tarcísio deixa a Paróquia e no mesmo dia Pe. João Maria da Rocha Santana assume como Pároco.

Com a chegada do Pe. João, proporciona um, novo animo na comunidade. Ele se dedica com zelo para conhecer a nova realidade da nova comunidade.

No mês de janeiros de 1994 um grupo de seminaristas vêm em Lunardelli para uma Missão e visitam as famílias tanto da zona rural como da zona urbana. Durante este trabalho nasce a idéia de fazer uma novena todo o dia 22, às 15:00h, em homenagem a Santa Rita de Cássia. Portanto, no dia 22 de janeiro de 1994 ás 15:00h é realizada a 1ª Novena em honra a Santa Rita de Cássia, mais de 1.500 pessoas participaram desta novena. A partir desta data, um novo estilo de vida começa para a comunidade. Esta novena passou a ter uma tal importância  que, quando o dia 22 caía durante a semana, alunos e professores deixavam suas aulas e o comércio fechava as portas para poder participar. Mas isso começou a criar transtornos. Diante disto, decidiu-se celebrar também uma novena de manhã e outra a noite. A notícia foi se espalhando e cada mês, o numero de romeiros foi aumentando.

Então no ano de 1995 a comunidade decide construir uma  Gruta de Santa Rita de Cássia para atender melhor os paroquianos e os romeiros que visitam o município. Assim, com a ajuda de um grupo de trabalhadores, é construída a Gruta de Santa Rita de Cássia. No dia 22 de maio de 1995, o então bispo da diocese de Apucarana Dom Domingos Gabriel Winieswiski, visita a paróquia, para celebrar a Santa Missa de 25 anos de existência da paróquia Santa Rita de Cássia e aproveita para abençoar a Gruta .

gruta santa rita
Imagem do interior da gruta de Santa Rita

No ano de 1996 percebemos que o fluxo de romeiros não para de crescer. A Igreja e as demais instalações se tornam pequenas e insuficientes para tal fluxo de pessoas. Assim é preciso, procurar soluções e novas alternativas. Assim, os demais anos são marcados pelo crescimento dos fiéis nos fins de semana e nos dias 22. Eles vêm manifestar a sua devoção a “Santa das causas urgentes”.

Já na década seguinte, no ano de 2006, o Pe. João depois de realizar um extraordinário trabalho frente à Paróquia Santa Rita de Cássia acaba deixando-a por motivos de saúde. Assim, o Pe. Geraldino Rodrigues de Proença assumi temporariamente como Administrador Paroquial, ele que é pároco na cidade de Grandes Rios, não podendo assumir com todas as atividades paróquias conta com a ajuda de outros presbíteros. Neste mesmo ano a comunidade se organiza e realiza com muito amor as festividades do mês de maio.

A comunidade se prepara com muita alegria para a posse novo Pároco, que é o Pe. Hilário Vanjura que estava na paróquia São João Batista na cidade de São João do Ivaí. Com a vontade de Deus o número de fiéis aumentava a cada ano.

De acordo com o levantamento da própria paróquia cerca de cerca de 400.000 mil fiéis visitam a Paróquia anualmente. Assim, a Paróquia é aclamada pelos fiéis como Santuário. Mas a Igreja particular de Apucarana não reconhece como Santuário, a Paróquia Santa Rita. Mas no mês de março o conselho de presbíteros, juntamente com o Bispo Dom Celso Antônio decidiram conceder o título de Santuário a Paróquia.

A comunidade de Lunardelli acolheu está notícia com muita alegria e de imediato começou a se organizar para o grande dia. Assim durante os nove dias que antecedeu o dia 22 foram realizadas as novenas que teve grande participação da comunidade.

E no dia 22 de maio foi uma grande festa, milhares de fiéis vieram até o Santuário, cerca de 40.000 mil pessoas vieram de vários lugares do Paraná e de outros estados. E durante a celebração das 15:00h que foi presidida pelo bispo diocesano dom Celso Antônio a paróquia Santa Rita de Cássia, foi elevada a categoria e dignidade de Santuário de Santa Rita de Cássia.

Assim, a Paróquia foi reconhecida pela Igreja como Santuário, lugar de fé, de espiritualidade, lugar em que os fiéis têm a oportunidade de fazer um encontro com o Cristo.

Peçamos a proteção de Santa Rita de Cássia sobre as vidas! Bem aventurada seja Santa Rita de Cássia!

Comentários

LEAVE A REPLY